fbpx
segunda-feira, julho 15, 2024
DestaqueNotíciasRelato de caso

Abbott inaugura Centro de Desenvolvimento Farmacêutico no Brasil

A Abbott, empresa global de cuidados para a saúde, inaugurou na quarta-feira, dia 28 de setembro, seu primeiro Centro de Desenvolvimento Farmacêutico no Brasil. A empresa investiu R$ 20 milhões na construção do novo Centro, no Rio de Janeiro, no bairro de Jacarepaguá, cujo objetivo é responder às necessidades do consumidor brasileiro. A expectativa  é desenvolver, anualmente, cerca de 15 novos medicamentos de marca em áreas como cardiologia, saúde da mulher, gastroenterologia, respiratório e sistema nervoso central. A instalação produzirá fórmulas sólidas (cápsulas e comprimidos).

O Centro de Desenvolvimento consiste em um laboratório de desenvolvimento e uma planta-piloto. Está sendo inaugurado em um momento em que o acesso a medicamentos tem sido cada vez mais importante para o Brasil, visto que a população está envelhecendo, e há uma maior incidência no diagnóstico de doenças crônicas (as estimativas de crescimento giraram em torno de 7,8% em 2015, e apresentam uma projeção de mercado para atingir os R$ 90 bilhões nos próximos  anos1).

Centro de Desenvolvimento consiste em um laboratório de desenvolvimento e uma planta-piloto. Fotos: Luciani Muniz – AY Assessoria
Centro de Desenvolvimento consiste em um laboratório de desenvolvimento e uma planta-piloto. Fotos: Luciani Muniz – AY Assessoria

“Para a Abbott, ter um Centro de Desenvolvimento farmacêutico no Brasil facilita o acesso da população a importantes medicamentos e reforça nosso compromisso com o país. Além disso, fortalece nossa estrutura global, que já conta com mais de 12 Centros Farmacêuticos ao redor do mundo”, afirma Juan Carlos Gaona, Gerente Geral da companhia no Brasil.  Segundo ele,  o Centro desenvolverá moléculas em escala-piloto para, posteriormente, ganhar produção em larga escala na fábrica, dependendo da demanda local.  A estratégia é parte do crescimento orgânico da companhia no Brasil, mercado-chave para a empresa globalmente. “Estamos há 79 anos no Brasil. Somos uma das primeiras multinacionais do setor de saúde a ter instalações aqui, e acreditamos que temos profundo conhecimento das necessidades de saúde do brasileiro”.

Atualmente, as vendas da Abbott para os consumidores finais representam mais de 50% do total de vendas no país. Com o novo Centro de Desenvolvimento, a empresa terá um processo mais ágil e estará apta a responder mais rapidamente às necessidades dos consumidores.  “Nosso objetivo é ampliar o fornecimento de produtos farmacêuticos de alta qualidade para que a população brasileira possa viver mais e  melhor ”, destaca o executivo.

De acordo com dados do IMS², o Brasil ocupou a sétima posição no ranking farmacêutico mundial em 2015 e a previsão é que ganhe duas posições até 20202, o que faz dele o motor de crescimento entre os países da América Latina1.

O novo Centro terá foco em fórmulas sólidas (comprimidos e cápsulas) e é equipado com as mais modernas tecnologias e processos  necessários ao desenvolvimento de produtos farmacêuticos de alta qualidade. A nova instalação foi construída junto à fábrica da Abbott em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Assim, os produtos desenvolvidos na planta-piloto poderão ser facilmente transferidos para uma produção em larga escala na atual fábrica da Abbott, dependendo da demanda local.

“Para operar o novo Centro de Desenvolvimento, contamos com profissionais altamente especializados, como por exemplo, pesquisadores-talento para trabalhar no desenvolvimento desses produtos”, conclui Gaona.

A expectativa é que a primeira molécula seja desenvolvida na instalação ainda este ano para  ser submetida à aprovação de seu registro pelo órgão regulador.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×