fbpx
domingo, fevereiro 25, 2024
Notícias

Grupo Polar reúne indústria farmacêutica e operadores logísticos para discutir soluções para cadeia fria

polar1O Grupo Polar, líder de mercado na fabricação de elementos refrigerantes, reuniu profissionais da indústria farmacêutica, distribuidores e operadores logísticos para discutir as tendências e soluções para cadeia fria. O evento aconteceu em São Paulo e teve um público de cerca de 100 pessoas, representantes de empresas como Baxter, Eurofarma, Eli Lilly, Sanofi, United Parcel Service (UPS) e Restitui Logística. E também a participação do presidente da Associação Nacional de Farmacêuticos Atuantes em Logística (Anfarlog), Saulo de Carvalho, e do gerente de Boas Práticas e Auditorias Farmacêuticas do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Jair Calixto.

“Quando começamos a organizar o evento, era para ser um treinamento para 20 pessoas, mas, ao entrar em contato com as empresas, em poucos dias tínhamos uma lista de mais de 100 interessados – reflexo de como a cadeia fria tem crescido e ganhado importância nesses últimos anos e da necessidade do mercado encontrar soluções eficientes para superar os gargalos logísticos em prol da segurança e qualidade dos medicamentos”, explica o sócio-diretor do Grupo Polar, Paulo Vitor de Andrade.

Liana
Liana Montemor, gerente do Valida Laboratório de Ensaios Térmicos

A programação abordou questões de todo o processo da cadeia fria, desde os motivos pelos quais é fundamental a manutenção da temperatura, instruções sobre como montar um perfil para estudos de qualificação de operação, técnicas para monitoramento de produtos e das calibrações internacionais, características e benefícios técnicos das embalagens térmicas, até o monitoramento da temperatura interna de uma embalagem térmica no recebimento da carga. Outro tema abordado foi o gerenciamento da temperatura para cargas secas, uma tendência de mercado que tem ganhado força visto que cada vez mais tem sido comum registrar temperaturas acima de 40ºC durante o transporte.

polar Ricardo
Ricardo Racaneli – Polar Técnica

“Diante dos entraves logísticos enfrentados no País, os desafios das empresas para respeitar os cuidados exigidos pelo mercado são enormes. Um procedimento inadequado implica risco para a saúde do consumidor final e prejuízo para a indústria, por isso é tão importante esse tipo de evento, pois possibilita a troca de informações e estimula as boas práticas”, explica a farmacêutica e gerente do Valida Laboratório de Ensaios Térmicos, empresa do Grupo Polar, Liana Montemor.

Durante o evento também foi apresentada oficialmente ao mercado as novas divisões do Grupo Polar, parte do projeto de expansão que tem como objetivo oferecer soluções em equipamentos, embalagens e qualificação térmica de ambientes e embalagens, tornando-se, assim, fornecedor para toda cadeia.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Grupo Polar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×