fbpx
segunda-feira, julho 15, 2024
DestaqueValidação

Validação de limpeza de instrumental cirúrgico

O Portal Boas Práticas entrevista Glauce Nimitz, supervisora do laboratório de físico-química da Baktron. Ela destaca pontos como a importância do procedimentos de limpeza de instrumental cirúrgico e das avaliações periódicas.

Confira.

Por que os procedimentos de limpeza de instrumental cirúrgico precisam ser validados e quais os riscos da não realização deste processo?

As falhas no processamento adequado de instrumentais cirúrgicos podem, na maior parte das vezes, colaborar ou ser fator determinante para a aquisição de infecções. De qualquer modo artigos de múltiplo uso inadequadamente limpos, se tornam fontes de contaminação e transmissão de agentes infecciosos tanto para pacientes quanto para profissionais que os manipulam. Desta forma, para se garantir a eliminação dessas fontes de infecção, são aplicados protocolos e monitorização dos processos de limpeza, que devem ser validados para comprovação de eficácia.  A não realização da validação do procedimento de limpeza além de implicar em graves riscos de contaminação é algo que será cobrado pela fiscalização.

A Baktron faz a validação do procedimento de limpeza de instrumental cirúrgico. Quem tem necessidade de fazer este tipo de validação?

Esta é uma das validações que a Baktron realiza. Todas as empresas que comercializam qualquer tipo de prótese e que fornecem o instrumental para sua implantação são responsáveis pela comprovação da eficiência do procedimento de limpeza destes instrumentais, para isto elas precisam descrever esses procedimentos, através da elaboração de POP, e posteriormente estes devem ser validados.

São necessárias reavaliações periódicas?

Devem ocorrer novas validações sempre que ocorrerem mudanças no procedimento. Fora isto, a própria empresa determina a periodicidade das reavaliações, mas o ideal é que este período não seja superior a 1 ano.

Onde estão definidos os protocolos de validação?

Não existem protocolos definidos na literatura. A Baktron desenvolveu e validou um protocolo próprio e já o vem utilizando há 8 anos. A experiência é muito grande e vários pontos de controle foram implementados.

Neste processo o que é considerado como contaminante alvo?

Como estamos tratando de instrumental cirúrgico, o contaminante considerado são as proteínas.

O que é necessário para que o procedimento de limpeza seja considerado validado?

O procedimento deverá apresentar resultados favoráveis em no mínimo 3 (três) “ensaios desafio” sequenciais considerados aceitos, segundo os critérios de aceitação deste protocolo de validação.

O que a Baktron fornece como resultado final do trabalho de validação?

Fornecemos um relatório completo, com toda descrição do protocolo utilizado, resultados finais e parciais encontrados, produtos e procedimentos avaliados e referências. A documentação é toda muito rica.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×