fbpx
terça-feira, junho 18, 2024
Notícias

Construção de laboratório do Tecpar deve começar em março

A construção de um laboratório do Instituto Tecnológico do Paraná (Tecpar) em Maringá (PR) para a produção 14 novos medicamentos biológicos e hemoderivados para o Sistema Único de Saúde (SUS), a partir de 2018, ficará para março do ano que vem. Anunciada em outubro, a obra esbarrou em problemas de infraestrutura no Tecnoparque e de licitação.

Em relação à infraestrutura, falta a Prefeitura de Maringá fazer a pavimentação no local. Conforme a assessoria de imprensa do Executivo, a obra vai começar hoje, mas ainda não há previsão para ser concluída.

Outro problema ocorrido para o atraso da construção diz respeito ao estudo de fundação. “Por conta dessas situações vamos lançar o edital de licitação em janeiro. Acredito que até março a obra tenha início. O dinheiro já está garantido”, afirma o presidente do Tecpar, Júlio Félix.

A instalação no Tecnoparque tem investimentos previstos pelo Tecpar e seus parceiros de aproximadamente US$ 250 milhões (cerca de R$ 787 milhões). A licitação para a planta industrial de finalização de produtos deve girar em torno de R$ 100 milhões.

Além do Tecpar, serão construídas para fornecer os produtos, fábricas na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e no Instituto Butantan. Elas produzirão medicamentos para o tratamento de câncer e artrites, entre outras doenças crônicas.

Já para os hemoderivados, o Tecpar, a Hemobras e o Butantan fornecerão sete produtos utilizados para tratar distúrbios de coagulação e imunodeficiências, como a aids e a hemofilia. A produção pelo instituto paranaense deve gerar 370 empregos diretos e qualificados no Paraná e envolver cerca de 20 doutores especializados em pesquisas.

Fonte: odiário.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×