fbpx
segunda-feira, junho 24, 2024
Notícias

DrogaVET foca expansão no Sudeste do País

A DrogaVET, empresa pioneira e líder no segmento de farmácias de manipulação veterinária no Brasil, está com planos de quase dobrar seu número de unidades até o fim de 2018. Para alcançar a meta, a rede, que hoje conta com 33 unidades em funcionamento, sendo três próprias e 30 franquias, prevê iniciar nove operações até o fim deste ano, nas cidades de Guarulhos (SP), Ribeirão Preto (SP), Sorocaba (SP), Duque de Caxias (RJ), Curitiba (PR), Foz do Iguaçu (PR) e Natal (RN).

O Brasil é segundo maior mercado consumidor do mundo no setor PET, absorvendo 5,3% do setor, segundo dados da Euromonitor (2015), sendo o PET Care englobando 8% do mercado nacional, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). “É um plano agressivo num mercado em maturação – manipulação veterinária –, mas acreditamos no nosso pioneirismo, inovação e, principalmente, na qualidade do nosso processo interno, vinculado a rigorosos e exclusivos estudos, aliados também ao cuidado que temos no atendimento ao consumidor”, ressalta a sócia-fundadora e farmacêutica, Sandra Schuster.

Buscando atender consumidores em diferentes localidades do Brasil, a empresa fez um estudo de mercado que mapeou o potencial consumo de cada região. Através desses dados, identificou as cidades em potencial ampliando o leque de atuação no plano de expansão da empresa. “A estratégia é estar, prioritariamente, nas principais capitas do Brasil e em localidades com mais de 200 mil habitantes ou com demandas específicas por atendimento veterinário”, pontua a coordenadora de expansão da rede, Viviane Delponte.

O destaque está principalmente para Região Sudeste onde temos todos os municípios calculados e sabemos a capacidade de absorção de cada um deles. Desde que haja interesse, orientamos e ajudamos o potencial franqueado na escolha do ponto ideal para atingir suas expectativas”, pontua Viviane.

Junto a isso, a franqueadora oferece todo o suporte necessário para a implantação da nova unidade e treinamentos necessários para a operação, além de fornecedores previamente qualificados e matérias-primas exclusivas para a rede. Por ter como foco a manipulação de medicamentos, a rede prefere candidatos que já atuem na área da saúde (farmacêuticos ou veterinários), mas não descarta potenciais sócio-investidores, ou bons gestores, desde que tenham um operador com vivência na área da saúde para ficar à frente do negócio. “Os novos franqueados poderão contar com nosso know how, pesquisas próprias, uso de tecnologias pioneiras, guia exclusivo de principais ativos, auxílio técnico e todo um suporte em marketing próprio e todo o suporte a franqueado”,  finaliza Viviane Delponte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×