fbpx
quinta-feira, maio 23, 2024
Notícias

Instituída câmara para inovação de tecnologias em medicamentos

Goiás conta agora com uma equipe de discussão dos procedimentos e iniciativas para a regulamentação e avanço científico e tecnológico nas áreas de medicamentos e produtos para a saúde. O secretário da Saúde, Leonardo Vilela, instituiu na quarta-feira, dia 16, a Câmara Setorial de Medicamentos e Produtos para a Saúde (Casmed).

A solenidade foi no Auditório João Bênnio, no Serviço Social da Indústria (Sesi), em Goiânia, com a participação de representantes de instituições e entidades da área da Saúde e de empresas de medicamentos. Após a assinatura do termo de posse da Casmed, os participantes assistiram à palestra Perspectivas de inovação na Indústria Farmacêutica, proferida pelo médico Gonzalo Vecina Neto, primeiro presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em seu pronunciamento, Leonardo Vilela falou da importância da Casmed, ao destacar que o grupo vai contribuir de forma surpreendente para a inovação de novas tecnologias e aprimoramento da qualidade dos medicamentos e produtos.

A solenidade de instalação da Casmed contou com a participação de diversas autoridades, entre as quais o diretor-geral de Inspeção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Marcelo Vogler, o presidente da Federação da Indústria do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves de Oliveira, o vice-reitor da Universidade Federal de Goiás, Manoel Rodrigues Chaves e a superintendente de Vigilância em Saúde, Maria Cecília Martins Brito.

Inovação
A superintendente destacou que a estruturação da Casmed simboliza um anseio antigo dos profissionais da área. A expectativa, conforme Maria Cecília, é de que a Câmara promova a inovação da indústria farmacêutica e dissemine o conhecimento técnico-científico com o setor acadêmico. “Queremos promover a busca de uma melhoria contínua da pesquisa e capacitação tecnológica em busca de medicamentos mais seguros e eficazes”, afirma, lembrando que Goiás ocupa o segundo lugar no País na produção de remédios.

A superintendente da Suvisa acentua que a indústria farmacêutica brasileira precisa urgentemente investir em novas tecnologias e novos produtos visando também participar, juntamente com as indústrias dos países mais desenvolvidos, do lucro gerado pela venda desses produtos.

Criada pela portaria 336 da SES-GO, a Casmed é composta por representantes da Suvisa, do Laboratório Central de Saúde Pública Giovanni Cysneiros (Lacen), Fieg, Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Goiás (UFG), Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto de Ciências Farmacêuticas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapego), Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego), Departamento de Vigilância Sanitária de Anápolis e componentes das indústrias farmacêuticas, de insumos e de produtos para a saúde.

Fonte: Goiás Agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×