fbpx
segunda-feira, maio 27, 2024
Notícias

Mercado de HVAC-R tem momento promissor

Com projeção de expansão de cerca de 10% e um faturamento que deverá subir para US$ 16 bilhões neste ano, o setor de refrigeração, ar-condicionado, ventilação e aquecimento deverá continuar crescendo nos próximos anos, impulsionado pela ascensão social, pelos investimentos em infraestrutura e a maior demanda da indústria de alimentos, da agricultura e do setor de óleo e gás. Esse cenário promissor tem feito uma série de investimentos sair do papel. Para 2015, a previsão é de que a alta da receita possa superar os 6%, com o faturamento podendo superar US$ 17 bilhões.

“O ritmo do início do ano estava forte, mas as incertezas da economia pesaram em outros segmentos, como o industrial e o de construção. Apesar disso, devemos ter um bom ano e as perspectivas são promissoras ao longo dos próximos anos”, afirma o presidente da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava), Wadi Tadeu Neaime.

No setor industrial, um dos mais promissores para os próximos dez anos está na indústria do óleo e gás. A Petrobras prevê chegar ao início da próxima década com uma produção de quatro milhões de barris por dia, o dobro do que extrai hoje. Isso criará demandas para a indústria de refrigeração, o que desperta o interesse de várias empresas.

A demanda futura do setor aeroportuário, da indústria petroquímica e dos setores de alimentos e de mobilidade urbana, com a previsão de construção de novas linhas de metrô, corredores expressos de ônibus e monotrilhos em várias cidades brasileiras, também aponta um futuro promissor para o segmento.

Fonte: Valor Econômico 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×