fbpx
terça-feira, maio 21, 2024
Notícias

Novo Nordisk expande programa para alcançar 20 mil crianças com diabetes em países em desenvolvimento

A Novo Nordisk acaba de anunciar uma extensão de quatro anos em seu programa Changing Diabetes® in Children (Mudando o Diabetes em Crianças, em português), que fornece acesso ao tratamento do diabetes e insulina gratuita para crianças com diabetes tipo 1 em países em desenvolvimento. A expansão inclui cinco novos países no programa – Camboja, Costa do Marfim, Mianmar, Senegal e Sudão -, com o objetivo de que, em 2020, mais de 20.000 crianças tenham sido beneficiadas durante os 11 anos do programa.

Dez anos atrás, a expectativa de vida de uma criança da África subsaariana com diabetes tipo 1 tinha era de menos de um ano¹. Em resposta, a Novo Nordisk estabeleceu o programa Changing Diabetes® in Children para apoiar melhorias no diagnóstico e acesso a tratamentos de qualidade sustentáveis. Desde o início do programa, em 2009, 13.700 crianças em nove países da África e do Sudeste Asiático receberam insulina humana e acesso ao tratamento do diabetes de forma gratuita.

“O programa Changing Diabetes® in Children foi icônico”, afirma o Professor Azad Khan, presidente da Associação de Diabéticos de Bangladesh. “A sobrevivência dessas crianças depende do fornecimento de insulina e de educação sobre como lidar com o diabetes, e o programa fornece tudo isso. Com ele, foi possível mudar a vida de crianças com diabetes tipo 1 em Bangladesh.”

Um grande número de crianças inscritas no programa conseguiu controlar o diabetes e passou a viver de forma saudável. Até o momento, nos países participantes do programa, 108 clínicas foram estabelecidas e mais de 7.000 profissionais de saúde foram treinados para o tratamento adequado do diabetes.

Além de fornecer acesso à insulina, o programa Changing Diabetes® in Children tem por objetivo apoiar o desenvolvimento de sistemas sustentáveis de cuidados com a saúde. Lars Rebien Sørensen, presidente e CEO da Novo Nordisk, disse: “Somente o fornecimento gratuito de medicamentos não resolve os complexos desafios dos cuidados com a saúde. Desde o início desse programa, temos trabalhado de perto com parceiros locais para fornecermos soluções sustentáveis juntamente com a insulina, a fim de melhorar a vida das crianças com diabetes tipo 1 tanto agora quanto no futuro”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×