fbpx
domingo, abril 21, 2024
Inovações tecnológicasNotícias

Setor de saúde busca automatização no acesso à informação e digitalização é alternativa

Recentemente o vazamento de exames médicos da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva fez alguns hospitais repensarem sobre a logística de armazenamento das informações. A gestão de dados para este mercado sempre foi bastante desafiadora, por ser exatamente as informações que auxiliam na identificação de um diagnóstico, descoberta de novas curas, pesquisas laboratoriais, desempenhos administrativos em outros cenários econômicos, entre outros.

Em um setor onde a evolução é impulsionada por um histórico de dados antigos que dão origem à conhecimento gradativo, as informações antigas valem “ouro” e precisam ser transformadas em arquivos digitais com inteligência aplicada, para que tenha o cuidado necessário, segurança eficaz e facilidade no acesso.

Diante deste cenário, a Kodak Alaris, empresa líder no desenvolvimento de scanners e softwares inteligente acolheu este mercado para dedicar toda a sua força em inovação e assim criar soluções inteligentes, pertinentes à necessidade de captura de dados e organização digital. “Os quesitos segurança e facilidade de acesso aos prontuários médicos e documentos antigos, são apontados como os mais buscados pelo setor. Na esfera administrativa, o objetivo é ganhar agilidade e automatização na aprovação de exames e procedimentos”, reforça o especialista em digitalização e gerente de soluções na América Latina, Paulo Fernandes.

Para atender as necessidades do setor, a Kodak Alaris desenvolveu soluções funcionais baseadas em todos os processos geradores de informação deste mercado, com o objetivo de oferecer uma dinâmica de acesso funcional, profissionalizada e com total segurança à informação. O centro de inovação da Kodak Alaris, localizado na China, fez uma imersão no setor e desenvolveu um mix de soluções voltadas para este mercado. Scanners que digitalizam mais de 400 imagens por minuto, reconstroem imagens mesmo quando o documento antigo está danificado ou enviam automaticamente um dado para um órgão, excluindo na sequênciatal informação por ser extremante confidencial, foram algumas das soluções inovadoras criadas para este segmento.

Processos do setor de saúde otimizados com digitalização inteligente:

Cadastro de ficha e pedido de autorização no primeiro atendimento: no processo tradicional, os pacientes precisam entregar o documento e aguardar que o atendente os digitalize, fazendo com que o paciente tenha que deixar seus documentos ali e depois retornar ao balcão para busca-los. Com os scanners i940 e i1150WN integrados com o software Info Input Solution, os documentos são digitalizados em questão de segundos e o compartilhamento com a seguradora de saúde é imediato. O i940 é extremamente compacto para melhor aproveitamento do espaço profissional. Já para instituições que não querem investir no equipamento portátil para cada atendente, o scanner i1150 WN possui compatibilidade com rede Ethernet e Wifi, assim pode ser compartilhado por todos os colaboradores do atendimento, além de possibilitar a captura por meio de dispositivos móveis, como celular ou tablet.

Organização de dados e indexação de documentos:  o processo de só digitalizar, sem nenhuma inteligência aplicada não é funcional para o setor. Com o objetivo de automatizar alguns processos pós digitalização, a Kodak Alaris criou o software Info Input Solution, que pode ser integrado com todos os scanners. A solução consegue direcionar automaticamente arquivos digitalizados para pastas preestabelecidas e ainda faz a indexação de documentos de acordo com a informação mais importante do template. Por exemplo, o arquivo é salvo automaticamente em uma pasta e pode ser salvo com o nome do exame, nome da seguradora de saúde, idade do paciente ou outra informação que a instituição considerar relevante para o arquivamento.

Digitalização de prontuários antigos e documentação administrativa: a necessidade de transformar os prontuários antigos em arquivos digitais se tornou imprescindível para o setor. Manter prontuários de pacientes ou papelada administrativa ocupando espaço, gera gastos para a companhia ao ocupar uma estrutura que poderia ser um leito, além de deixar informações confidenciais vulneráveis e dificultar o acesso. Para reverter este cenário, a Kodak Alaris desenvolveu os scanners i3300 e i3500 para a digitalização de alto volume de documentos. O produto tem tecnologia para interromper a digitalização, caso seja identificado obstáculos que possam rasurar o documento ao passar pela bandeja. Os scanners têm capacidade para digitar até 25 mil folhas por dia. Com o Info Input Solution integrado, ainda é possível indexar e enviar os documentos para pastas, nuvem, ferramentas ECM, GED ou servidores locais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×