fbpx
segunda-feira, fevereiro 26, 2024
Notícias

Setor farmacêutico puxa lucro 41% maior da Johnson & Johnson

A multinacional de bens de consumo Johnson & Johnson (J&J) registrou lucro líquido de US$ 5,61 bilhões no segundo trimestre de 2019, alta de 41,8% ante o mesmo período do ano anterior. Os dados foram divulgados nesta terça-feira.

Por ação, o lucro ficou em US$ 2,08. Em termos ajustados, excluindo itens não recorrentes, somou US$ 2,58 — acima do que era esperado por analistas que acompanham a empresa, que previam lucro ajustado de US$ 2,46, segundo a “Dow Jones Newswires”.

 

A receita da companhia, que é dona de marcas como Listerine, Cotonetes e Neutrogena, recuou 1,3%, para US$ 20,56 bilhões. Excluindo a variação cambial, as vendas da empresa nos mercados fora dos Estados Unidos ficaram praticamente estáveis. No mercado americano, houve queda de 2,2%.

Entre os segmentos de atuação da Johnson & Johnson, o farmacêutico foi o que apresentou o maior crescimento em termos percentuais, de 1,7%. No trimestre, as vendas somaram US$ 10,52 bilhões.

A divisão de consumo, que inclui os produtos da linha Johnson’s Baby, teve aumento de 1,2% na receita, para US$ 3,54 bilhões. A área de equipamentos médicos registrou queda de 6,9%, para US$ 6,48 bilhões.

A Johnson & Johnson elevou suas previsões para a receita de 2019. A expectativa agora é que as vendas somem entre US$ 80,8 bilhões e US$ 81,6 bilhões. A companhia espera ainda que o lucro por ação fique entre US$ 8,53 e US$ 8,63. Por volta das 8h45, as ações da companhia operavam em alta.

Fonte: Valor Econômico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×