fbpx
domingo, fevereiro 25, 2024
FCE PHARMA

Sistemas para gerenciamento de dados da rastreabilidade na FCE Pharma 2015

A T2 Software, em parceria com a VALID, estará na FCE Pharma 2015 para apresentar as soluções de rastreabilidade de medicamentos voltadas às empresas envolvidas no segmento farmacêutico, desde o laboratório até o ponto de venda. O evento acontece entre 12 e 14 de maio, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. A exposição é o principal evento internacional de tecnologia para a indústria farmacêutica na América Latina e terá a rastreabilidade de medicamentos entre os temas mais importantes para o setor.

A T2 Software mostrará as funcionalidades do Pharmatrack, solução para a gestão de unidades serializadas nos laboratórios, distribuidores, farmácias e hospitais. E, em parceria com a VALID, irá demonstrar a solução para a gestão das informações de rastreabilidade nos repositórios do SNCM (Sistema Nacional de Controle de Medicamentos), locais onde os principais players da cadeia deverão armazenar toda a informação de unidades produzidas e movimentadas até a sua entrada no varejo, disponibilizando as informações à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em caso de consulta de algum lote ou medicamento específico.

“O Pharmatrack e o Repositório da VALID são complementares. Após a gestão do processo de serialização das unidades com a marcação individual dos medicamentos produzidos, os laboratórios, por exemplo, terão de enviar estas informações às empresas responsáveis pela gestão das informações de rastreabilidade conhecidos como repositórios do SNCM. Cada laboratório, distribuidor, farmácia e hospital terá a necessidade de gerenciar internamente e externamente as informações de seus produtos de modo a atenderem aos requerimentos impostos pela rastreabilidade. A utilização de soluções complementares torna o processo de integração ágil e otimiza os custos de adequação”, explica Rodrigo Klein, diretor da T2 Software.

Toda a cadeia precisa se adequar com a lei 11.903/09, que criou o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos, e também com a RDC 54/13 da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), no prazo estipulado que é 2016.

Rastreabilidade
Todos os medicamentos com registros na Anvisa estarão sujeitos à legislação, inclusive amostras grátis, e terão de contar com o IUM (Identificador Único do Medicamento), espécie de RG dos remédios. As embalagens secundárias de todos os medicamentos, incluindo as embalagens múltiplas, embalagens secundárias para fracionados e embalagens hospitalares, devem conter o IUM. O IUM é composto, no mínimo, dos seguintes dados: Nº de registro do medicamento junto à Anvisa, Nº serial, Data de Validade e Lote.

Sobre a T2 Software
Empresa especializada em sistemas e consultoria para serialização e rastreabilidade de produtos. Fundada em 2010, a empresa está sob o comando de Rodrigo Klein, que traz mais de 15 anos de experiência na área de TI.

A T2Software também está posicionada como uma das principais fornecedoras da tecnologia que atenderá o segmento farmacêutico na questão da rastreabilidade que passou a ser obrigatória após a lei 11.903 sancionada em 2009. A empresa desenvolveu um sistema especializado chamado Pharmatrack e hoje atua nas discussões das questões tecnológicas entre as principais entidades do setor com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Fonte: Assessoria de imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×