fbpx
sábado, junho 15, 2024
Inovações tecnológicasLaboratóriosMicrobiologiaNotícias

Equipamento da bioMérieux melhora a produtividade dos laboratórios de microbiologia de alimentos

Sistema TEMPO beneficia a indústria alimentar ao oferecer resultados em até 24 horas, ante 5 dias dos métodos tradicionais, segundo a empresa.

LABORATÓRIOS – INDÚSTRIA DE ALIMENTOS – Na cadeia de produção de alimentos podem ocorrer contaminações por microrganismos ao longo de todas as etapas do processo, seja na recepção de matérias primas, no armazenamento, na preparação e no produto oferecido ao consumidor. A indústria de alimentos e a cadeia de distribuição direta devem garantir o que os alimentos fornecidos apresentem qualidade higiênica e segurança microbiológica, o que implica que os produtos produzidos para a comercialização devem estar isentos de microrganismos deteriorantes e patogênicos, garantindo a qualidade do produto e segurança da saúde do consumidor. A enumeração da flora microbiana dos produtos alimentícios indica a qualidade microbiológica de todo o processo de produção e do produto final.

Ao analisar os perigos potenciais à saúde dos consumidores, é possível determinar medidas preventivas para controlar esses perigos por meio de pontos críticos de controle, e definir as ações a tomar, como determina o sistema de gestão alimentar Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), ou em inglês Hazard Analysis and Critical Control Point (HACCP). Mantendo estes pontos sob controle, garante-se a conformidade dos produtos produzidos e fornecidos. Por isso, quanto mais ágeis e precisos forem os resultados de análises microbiológicas, mais rápidas são tomadas as ações corretivas necessárias.

Com a finalidade de agilizar com eficiência as demandas dos laboratórios de microbiologia de alimentos, a bioMérieux, empresa francesa líder mundial em diagnóstico in vitro, oferece no Brasil o Sistema TEMPO, que informa, em até 24 horas, os resultados dos principais indicadores de qualidade como: Contagem total, coliformes, E. coli, S. aureus, Enterobacteriaceae, além da enumeração do grupo Bacillus cereus em apenas 22 horas, bolores e Leveduras em até 72 horas.

O fluxo de trabalho inclui apenas quatro etapas: preparo das amostras, diluição e inoculação na estação de preparo, incubação, e leitura e interpretação dos dados na estação de leitura TEMPO. O sistema é totalmente automatizado, garantindo a rastreabilidade total dos processos, além de melhorar a produtividade do laboratório, auxiliando na redução de custos operacionais, na padronização de processos e garantir a qualidade e segurança dos resultados.

Entre as empresas no Brasil que já utilizam o Sistema TEMPO, da bioMérieux, está o Grupo Mattos & Mattos em Niterói (RJ), um laboratório especializado que atua, entre outros segmentos, em segurança de alimentos. Para a Gerente Técnica Vera Santos, o sistema apresenta inúmeras vantagens: “O fluxo de trabalho é muito simples e prático, o equipamento requer pouco espaço no laboratório e os reagentes são prontos para o uso, o que dispensa a preparação de meios de cultura e diluentes, utilização de tubos e placas. Além disso, a automação total reduz muitas etapas manuais, evitando, dessa forma, erros operacionais”, diz a especialista.

“A possibilidade de liberação de resultados em 24 horas foi um enorme diferencial competitivo para nós, pois possibilitou indicar pontos críticos de higiene para clientes como restaurantes, que estão sujeitos a fiscalizações diárias pela Vigilância Sanitária, evitando multas e assegurando a qualidade dos alimentos oferecidos aos seus consumidores”, reforça Carmem Mattos, Diretora do Grupo Mattos & Mattos.

Sobre a bioMérieux

Há mais de 50 anos no mercado, a bioMérieux é líder na área de diagnóstico in vitro. Em todo o mundo, a empresa tem o propósito de contribuir efetivamente com o desenvolvimento da saúde pública, fornecendo soluções (reagentes, equipamentos e softwares) que determinam a origem da doença e de contaminações de produtos industrializados a fim de melhorar a saúde do paciente e garantir segurança aos consumidores.

Fundada na França em 1963, a bioMérieux tem cerca de 5.800 colaboradores e está presente em mais de 150 países, por meio de 41 filiais e uma ampla rede de distribuidores. No Brasil, a bioMérieux possui o laboratório P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) situado no Rio de Janeiro, que foi inaugurado em 2009, e até 2014 a equipe teve como missão dar suporte à produção local da linha Imuno e desenvolver produtos de interesse para o grupo bioMérieux. No final de 2014, a visão do setor P&D da bioMérieux Brasil mudou para focar nas infecções tropicais e servir à estratégia local e global, a fim de responder às necessidades dos mercados emergentes e negligenciados.

A família Mérieux tem uma tradição ao longo de um século de compromisso na luta contra as doenças infecciosas e também na garantia de qualidade dos processos de industrias. Marcel Mérieux, que trabalhou com Louis Pasteur e fundou o Instituto Mérieux, o Dr. Charles Mérieux, Alain Mérieux e Dr. Christophe Mérieux dedicaram suas vidas à biologia, com o objetivo de melhorar a saúde mundial.

Fonte: Veropress.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×