fbpx
terça-feira, abril 23, 2024
Notícias

Grupo Veco completa 40 anos no Brasil

Foto da Fabrica  (a1)Fundada por Raul I. Sadir em 1974, empresa foi responsável por trazer a tecnologia de controle de contaminação para o país. Localizada em Campinas (SP), possui mais de 350 colaboradores, 8 unidades operacionais e 25 escritórios de atendimento no país.

Fotos: Divulgação Grupo Veco

Ao ouvir o termo “controle de contaminação” provavelmente a imagem que vêm à cabeça da maioria das pessoas são salas brancas e pesquisadores paramentados. O que poucos sabem é que essa tecnologia é empregada em diversos tipos de indústrias para purificação do ar em ambientes produtivos e pesquisas como microeletrônica, automobilística, usinas hidrelétricas, pesquisa em horticultura e tantas outras.

Raul I. Sadir fundou o Grupo Veco em 1974.
Raul I. Sadir fundou o Grupo Veco em 1974.

Raul I. Sadir, presidente do Grupo Veco foi o visionário que identificou a oportunidade da criação de uma indústria nacional no segmento, em 1972. Inicialmente importava equipamentos, montava as salas limpas e prestava consultoria técnica. Dois anos mais tarde inaugurava a primeira fábrica do país, localizada em Campinas (foto acima).

A primeira cabine de fluxo laminar foi adquirida pelo Prof. Lauro Moretto, na época gerente de desenvolvimento e controle de qualidade do Instituto Angelis, e hoje vice-presidente executivo do Sindusfarma.

Prof. Lauro Moretto.
Prof. Lauro Moretto.

“A Veco trouxe equipamentos já existentes na microtecnologia e propôs a aplicação na indústria farmacêutica. Esse processo de inovação veio ao encontro das necessidades do mercado, impostas pelos estudos e normas internacionais de ar filtrado para segurança nas pesquisas e na produção”, relembra o farmacêutico-bioquímico.

“O principal desafio foi convencer a empresa da necessidade de investir em um equipamento que nenhum outro laboratório tinha”, enfatiza Dr. Moretto. Na área da saúde, foi a primeira empresa a utilizar equipamentos de fluxo unidirecional e de segurança biológica.

No ano de 1986 foi lançado a primeira Cabina  de Segurança Biológica, antes mesmo da existência de normas pertinentes.O Grupo Veco desenvolveu sistemas e equipamentos para atender mercados específicos como; reprodução humana, manipulação de substâncias tóxicas, ativas, voláteis, citotóxicas. Hoje, 40 anos depois, permanece como pioneiro no desenvolvimento de novas tecnologias no setor.

Empresa é pioneira na fabricação de filtros
Empresa é pioneira na fabricação de filtros HEPA, finos e absolutos.

A Veco investe cerca de 5% de seu faturamento em pesquisa e desenvolvimento. Dentre as principais inovações, pode-se destacar que a empresa foi a primeira fabricante de filtros HEPA, pré-filtros ASHRAE, filtros ULPA e filtros minipleat finos e absolutos na América Latina. Na década de 80, desenvolveu alternativas nacionais para os filtros utilizados nas unidades de discos rígidos de computadores.

No setor industrial o Grupo Veco criou toda a linha de filtros para turbo máquinas, atualmente utilizados em usinas, indústria de papel e celulose, entre outras. Pioneira também na criação de filtros em plástico 100% incineráveis, que garante descarte adequado de materiais contaminados.

Como se não bastasse a evolução que propiciou ao setor produtivo, o Grupo Veco coleciona iniciativas memoráveis, principalmente ligadas à saúde. Em 1988, por exemplo, criouum prêmio para beneficiar pesquisadores do HIV, em conjunto com a Sociedade Brasileira de Virologia. Com a iniciativa, foi possível colaborar com as secretarias de saúde a identificarem projetos similares, ou mesmo complementares, otimizando os investimentos e esforços.

Cabina de Segurança Biológica
Cabina de Segurança Biológica

Outra contribuição importante, foram as salas limpas montadas em caráter de emergência nos aeroportos, na época da Gripe Aviária. “Contaminação é o que não se vê. O nosso inimigo é invisível”, destaca Sadir relembrando a característica principal de seu negócio.

Origem
As pesquisas para controle de contaminação tiveram início na indústria de microeletrônica, na época da corrida espacial. A construção de foguetes exigia alto grau de confiabilidade dos componentes e para atingir este nível de qualidade era necessário garantir que nenhuma partícula maior que 0,5 micron estivesse presente no ar. Desta forma, todo o desenvolvimento do controle de contaminação foi focado na proteção do produto que estava sendo manipulado.

Somente com a disseminação de questões de segurança biológica é que o controle de contaminação passou a ter também o ambiente e os manipuladores como foco da proteção. A primeira empresa a desenvolver esta tecnologia para a área biológica foi o Grupo Veco no México no ano de 1967. A instalação de uma indústria de produção nacional (brasileira), permitiu a evolução deste mercado, assim como das regulamentações e exigências do setor. Este cenário garantiu a qualidade e segurança dos materiais produzidos e consumidos.

A capacidade de retenção dos filtros, porém, se manteve quase a mesma ao longo dos anos. A melhoria trazida pela tecnologia foirelacionada à performance, como, por exemplo, o aumento da vida útil dos filtros e consequente diminuição das trocas. O cuidado com os procedimentos de uso e manipulação, desenvolvidos pelo Grupo Veco e repassado aos clientes por meio de seus técnicos, também garantem a melhoria dos resultados. “Em algumas áreas conseguimos dobrar o nível de resultados positivos, apenas com a correção de procedimentos. Nossa especialidade é desenvolver soluções. Contribuímos com o desenvolvimento da ciência” orgulha-se o fundador.

Sobre o Grupo Veco
Fundado em 1974, o Grupo Veco é especializado em controle de contaminação ambiental. Composto pelas empresas Vecoflow, CCL e CCL Farma, Vecoflow Serviços sendo a primeira fabricante de filtros e equipamentos e as duas últimas prestadoras de serviços de certificação, manutenção preventiva e corretiva. Localizada em Campinas, no interior de São Paulo, possui mais de 350 colaboradores, 8 unidades operacionais e 25 escritórios de atendimento no país.

Acesse: www.veco.com.br

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×