fbpx
domingo, abril 21, 2024
DestaqueLaboratóriosNotícias

Investimento de R$ 25 milhões da SynTech no Brasil culmina em apresentação de novo laboratório em Piracicaba

A estrutura laboratorial e a expertise em análise de resíduos de insumos em culturas agrícolas da SynTech Research Group, empresa multinacional de matriz francesa que atua no Brasil desde 2009 prestando serviços de avaliação e desenvolvimento de produtos para clientes ligados à agricultura, está sendo transferida de São Paulo (SP) para a cidade de Piracicaba (SP) após investimento de R$ 25 milhões no País desde 2016, e a nova estrutura de laboratório foi apresentada no dia 18 de maio.

[scrolling_box title=”Leia mais:” display=”category” format=”” category=”3″ count=”9″ header_text_color=”#dd3333″]

A SynTech é uma organização de pesquisa que se encaixa na categoria contract research organization (CRO, em inglês) e realiza estudos segundo os mais altos padrões de práticas agrícolas e laboratoriais. As operações da empresa estão certificadas pelas normas de Boas Práticas Agrícolas (BPA) e Boas Práticas de Laboratório (BPL) pelo INMETRO e com Certificado de Qualidade em Biossegurança (CQB) pelo CTNBio.

“Nosso time de campo conta com mais de 20 especialistas que conhecem as culturas, os problemas fitossanitários e outros fatores de produção aos quais o produtor está exposto no campo. Dessa forma, agregamos valor na cadeia de conhecimento e ajudamos nossos clientes no desenvolvimento de seus produtos, contribuindo para o sucesso dos mesmos em favor da agricultura”, pontua o Diretor Regional para América Latina da empresa e o Gerente Geral da SynTech no Brasil, Fernando Gallina.

Anuário do Portal Boas Práticas

Transferência do laboratório

A mudança de sede do laboratório foi planejada como uma estratégia de aproveitar a expertise do polo de inovação piracicabano para a nova estrutura e, também, a disponibilidade de recursos humanos de alta qualidade disponível na região, além de ser uma forma de unificar as operações laboratoriais com o trabalho que é realizado a campo na estação experimental da Syntech na cidade.

“Nosso objetivo é seguir expandindo a capacidade de análise que oferecemos às empresas que buscam os serviços da SynTech no Brasil. A perspectiva é que dobraremos a quantidade de análises com o novo laboratório. Para isso, contamos com uma competente equipe de químicos e engenheiros químicos para o estudo de resíduos em ambiente laboratorial com equipamentos de alta precisão. Dessa forma, conseguiremos alcançar ainda mais segurança quanto à precisão dos resultados de resíduos detectados, importante para o posicionamento e registro dos produtos e para a produção de alimentos mais seguros”, detalha.

Durante a apresentação do laboratório, autoridades e representantes de instituições de ensino e pesquisa de Piracicaba puderam conhecer a nova estrutura de análises. A Secretária de Agricultura e Abastecimento da cidade, Nancy Thame, ressalta a importância dessa realocação para o município no interior paulista.

“É muito importante ter em Piracicaba essa empresa de tecnologia tão pautada em qualidade, na defesa e no cuidado com a parte ambiental. O trabalho realizado pela SynTech é relevante em toda a cadeia agrícola, porque vem dar segurança para o nosso alimento, contribuindo para a saúde pública das pessoas”, afirma a Secretária.

O membro do Conselho Deliberativo da EsalqTec e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia da Esalq, José Belasque Junior, destacou a estrutura da nova sede laboratorial da SynTech. “A empresa tem suas diferentes estações experimentais e satélites desde o Rio Grande do Sul até Pernambuco, e fiquei muito impressionado com a estrutura analítica, os equipamentos, o prédio em si. Essa mudança é algo positivo para Piracicaba e para o sistema de ensino e inovação da cidade”.

Já a Vice-Diretora Acadêmica da Escola de Engenharia de Piracicaba (EEP), ressalta o diferencial que a chegada do novo laboratório traz para a formação de novos profissionais na cidade. “A vinda da estrutura laboratorial, com toda a expertise da SynTech, abre novas possibilidades de parceria com a área de educação, na formação de profissionais, a partir de uma empresa que já entende melhor o mercado. Para quem atua nessa área, essa é a melhor recompensa que podemos ter”.  

A Presidente da Comissão de Pesquisa da Esalq, Aline Silva Mello Cesar, avalia que a transferência possibilita ganhos para a pesquisa realizada localmente. “Esse movimento de mudança para cidade de Piracicaba é muito importante para a academia e para a área de pesquisa, com todo o conhecimento que pode ser gerado e compartilhado pela SynTech”.

Por fim, segundo o Gerente Executivo da EsalqTec, Sérgio Barbosa, haverá um enriquecimento do ecossistema inovador já existente na cidade. “Piracicaba é considerado um ecossistema tecnológico com o foco em ciências agrárias. Nesse sentido, é interessante a presença de empresas do nível da SynTech, que agregam dentro do processo de atendimento de serviços de alta tecnologia para a cadeia produtiva do agronegócio”.

Investimentos em atuação no Brasil

O Brasil segue sendo uma das prioridades para a SynTech em relação a investimentos. Desde 2016, a implantação de quatro estações experimentais no País, todas credenciadas junto ao Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), a aquisição de um laboratório e a sua transferência para Piracicaba e a aquisição de equipamentos de ponta e inovadores para a realização das atividades foram resultados de R$ 25 milhões investidos até agora.

“A SynTech Research Group acompanha de perto o crescimento e a pujança da agricultura brasileira e da América Latina, além da demanda por novos insumos e que eles sejam seguros e eficientes. Ajudar na pesquisa, desenvolvimento e registro de produtos é nossa paixão, mais do que missão. Continuaremos investindo no nosso negócio na região, olhando para futuro e ampliando nossas atividades para áreas novas, como a de biossoluções, reforçando nosso compromisso com a produção agrícola brasileira”, reforça o CEO da empresa, Yvonnick Jambon.

Jambon complementa afirmando que esse novo laboratório foi planejado pensando nos efeitos a longo prazo de sua instalação, e que os recursos serão aplicados não somente para os negócios, mas também para as pessoas. “O Brasil é uma área chave para a empresa pensando no futuro. Nesse sentido, continuaremos investindo no desenvolvimento e no treinamento dos times para seguirmos entregando serviços de qualidade em terras brasileiras”.

Segundo o fundador da SynTech Research, hoje uma das entidades pertencentes à SynTech Research Group, Khosro Khodayari, a eficiência da nova planta laboratorial é o que a destaca entre outras estruturas como essa. “Eu já conheci muitos laboratórios durante minha vida, mas esse que estamos apresentando em Piracicaba tem uma característica de eficiência que o diferencia de todos os outros. É uma estrutura muito moderna e com alta tecnologia que contribuirá para o desenvolvimento do trabalho da SynTech e da agricultura no Brasil”.

O País conta, ainda, com estações experimentais em Piracicaba, Palmeira de Goiás (GO), Bandeirantes (PR) e Petrolina (PE), além de satélites nos estados de Mato Grosso, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, permitindo trabalhos nos mais variados e importantes cultivos como frutas tropicais, uva, cítricos, melão, melancia, tomate, batata, vegetais, algodão, milho, soja, feijão, girassol, culturas de inverno, arroz e cana de açúcar, por exemplo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×