fbpx
domingo, junho 23, 2024
Esterilização

Perguntas frequentes sobre controle de infecção

O Portal Boas Práticas divulga periodicamente algumas das principais dúvidas sobre o controle de infecção e serviços de saúde.

Informações sobre a utilização de caixa-box tipo contêineres para esterilização, excluindo o uso de campos.

Os instrumentais podem ser acondicionados através de sistema de contêineres apresentado em caixas de alumínio, com vários acessórios. Este sistema é utilizado em 90% dos hospitais alemães e em 50% dos hospitais americanos (Ryan, 1986). No Brasil aproximadamente 8 hospitais utilizam este sistema (Ex. Hospital Samaritano de São Paulo).

Com o uso de contêineres podemos observar:

– Maior segurança e manutenção da esterilidade durante o transporte e armazenamento do material;

– Simplicidade de rotinas de lavagem, montagem e esterilização dos instrumentais;

– Difere do sistema tradicional por dispensar o uso de invólucro externo, reduzindo uma etapa no processo do preparo do material, que é o empacotamento;

– Favorece a economia de espaço no armazenamento;

– Maior organização na sala cirúrgica por não haver excesso de volume de material reprocessado ou descartável e

– É necessário validar a sua autoclave para a utilização dos contêineres.

Fonte: Anvisa

 Clique aqui e leia as outras dúvidas sobre o assunto.

 

Consulte a  CBE clicando no banner localizado na lateral esquerda do Portal e saiba mais sobre o processo de esterilização.

Em operação desde 1978, a empresa é precursora da esterilização gama no País e possui o maior acelerador de partículas (E-BEAM) da América Latina. A CBE oferece com exclusividade esses dois tipos de tecnologia aos mais variados segmentos do mercado.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×