fbpx
quinta-feira, junho 20, 2024
DestaqueHVAC

Série Especial de Reportagens – Sistemas de Ar Condicionado para Salas Limpas – III

Nesta parte desta Série com destacados especialistas do mercado conversamos com o engenheiro mecânico Marcos Antonio Vargas Pereira, diretor técnico-comercial da Térmica Brasil, empresa especializada em testes, ajustes e balanceamento  de sistemas de  HVAC.

Para Pereira, que é pós-graduado em Refrigeração e Ar Condicionado, as maiores novidades em sistemas estão relacionadas à eficiência energética principalmente em chillers, que estão buscando desempenhos cada vez melhores através de novas tecnologias.

Quanto a componentes, de acordo com o engenheiro, a área de filtragem também se desenvolveu significativamente, desenvolvendo produtos de baixa perda de carga, o que reduz o consumo energético. Ele dá exemplos: meios filtrantes de E-PTFE ou outras fibras ordenadas e nanofibras, e ventiladores plenum fan com motores eletrônicos com baixo consumo também são relativamente recentes e começam a ser usados com mais frequência.

Na opinião de Pereira, a ideia de tratamento de ar externo dedicado também ajuda bastante projetos que buscam eficiência energética, pois a indústria de equipamentos tem desenvolvido diversas soluções para reaproveitamento de energia.

No campo de projetos – acrescenta o diretor da Térmica – o uso de ferramentas de comissionamento e simulação computacional é muito importante na busca de eficiência energética: “apesar de pouco usados ainda na indústria de salas limpas, são o caminho mais lógico para quem deseja bases comparativas entre diferentes concepções de solução”.

Ciências da Vida

Marcos
Marcos Antonio Vargas Pereira

“Ciências da vida e afins têm um perfil muito conservador e caminha um pouco atrás de outras áreas.”

Pereira afirma que a área de ciências da vida e afins tem um perfil muito conservador e caminha um pouco atrás de outras áreas no que diz respeito a utilização destas ferramentas: “mas tenho certeza que é apenas uma questão de tempo para assimilação destas tecnologias”.

Ele acrescenta: “temos trabalhado em diversas áreas e temos a certeza de que estas soluções serão as novas pautas de trabalho da área.  Como exemplo, há um projeto no qual estamos trabalhando em que em uma instalação de forros filtrantes estão utilizando filtros de baixa perda de carga e ventiladores com motores eletrônicos que reduzem o consumo médio anual em aproximadamente 60%, o que se paga em 18 meses de uso.

Clique aqui e leia as outras partes da Série.

CONTEÚDO EXCLUSIVO – PORTAL BOAS PRÁTICAS

 

Você e sua empresa querem contribuir com este tema? Solicite informações de como participar pelo email: marketing@boaspraticasnet.com.br.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×