fbpx
segunda-feira, junho 24, 2024
BPFNotícias

Embalagem com material diferente do registrado na agência reguladora leva a interdição de lote de medicamento

Anvisa interdita lote de medicamento para diabetes. Remédio para tratamento de pressão alta também foi interditado pela agência reguladora.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu, nesta sexta-feira (9), a distribuição, comercialização e uso do lote nº 1614707 do medicamento genérico em comprimidos Glimepirida, 4 mg.

O produto da empresa Cimed Indústria de Medicamentos Ltda., com fabricação em dezembro de 2016 e validade até dezembro de 2018, é utilizado no tratamento oral de diabetes mellitus. A suspensão acontece porque foi constatado que a embalagem do produto foi feita com material diferente da registrada na agência reguladora.

A Anvisa determinou, também, que a empresa fabricante promova o recolhimento do estoque existente no mercado.

Anti-hipertensivo

A Anvisa também interditou, na quarta-feira, o lote 6562015 do medicamento Hidroclorotiazida, fabricado pela empresa Laboratório Teuto Brasileiro S/A. O lote do produto, destinado ao tratamento de pressão alta, foi interditado por conta de resultados laboratoriais insatisfatórios.

O resultado do laudo de análise fiscal foi não suficiente para o ensaio de dissolução. As unidades do lote da Hidroclorotiazida (validade 11/2018) comprimido, 50mg, foram, portanto, interditadas pela Agência.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Diário Oficial da União

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×