fbpx
terça-feira, abril 23, 2024
Notícias

Exportações e inovação tecnológica ajudam Grupo JP a ampliar receitas em período de recessão

Com câmbio depreciado, indústria nacional vê melhora na competitividade em relação a equipamentos importados e acredita no aumento das exportações de equipamentos com alto valor agregado.

Diante do cenário de incertezas que acompanhou a economia brasileira em 2016, as estratégias do Grupo JP, com sede em Ribeirão Preto (SP), foram o lançamento de produtos inovadores, sem similares nacionais, e o reforço em investimentos em comércio exterior. A ideia de aproveitar o câmbio competitivo para ampliar receitas em época de recessão tem dado certo.

“Aproveitamos nossa experiência em exportações e a presença nas principais feiras do setor de saúde no Brasil e na Europa para apresentar nossas inovações, buscar novos distribuidores internacionais e estreitar relações com parceiros”, detalha o presidente do Grupo JP, André Ali Mere. “A ideia é utilizar o câmbio em favor da indústria nacional e seguir trabalhando desta forma ao longo de 2017”, comenta o empresário.

O Grupo JP, composto pelas empresas JP Farmacêutica e Olidef, duas companhias de médio porte que atuam no segmento de saúde, realizou em 2016 o lançamento de três produtos inovadores e de alta tecnologia embarcada. Dois deles ainda não possuíam similares nacionais.

O primeiro lançamento, o Bilirrubinômetro AG, foi desenvolvido pela Olidef com financiamento da FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos e apoio de docentes da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo ((FMRP-USP). O equipamento utiliza tecnologia pioneira no mercado mundial para medir com precisão, de forma minimamente invasiva, a taxa de bilirrubina no organismo em recém-nascidos.

Outro equipamento sem similares na indústria brasileira é a centrífuga refrigerada para bolsas de sangue. A JP Farmacêutica, especialista na produção de soluções parenterais de grande volume e de bolsas de sangue, lançou o produto em novembro. Indispensável para os hemocentros, a centrífuga chega como uma opção aos produtos importados que existiam no mercado até então.
Este ano o grupo também ampliou seu mercado de atuação. Tradicional player do segmento de equipamentos para neonatologia, a Olidef lançou uma linha de monitores multiparamétricos, utilizados para monitorar funções vitais dos pacientes em Unidades de Terapia Intensiva e centros cirúrgicos em geral e também em clínicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×