fbpx
quinta-feira, maio 23, 2024
DestaqueHVAC

Sergio Sato destaca importância da nova norma ISO 16890

A International Organization for Standardization (ISO) publicou recentemente um novo marco para normatização na indústria de filtragem de ar. A ISO 16890 define procedimentos de testes e sistema de classificação para filtros de ar usados em equipamentos de tratamento de ar. Essa iniciativa proporciona a primeira real oportunidade para uma harmonização global, uma vez que visa substituir as duas normas existentes no mercado: ASHRAE 52.2, muito utilizada nos EUA, e EN779:2012, muito consolidada na Europa. Ambas coexistem em regiões como Ásia e Oriente Médio.

foto Sergio - perfil
O diretor de vendas & marketing da Camfil Latin America, Sergio Sato.

Como líder na indústria de filtragem de ar, a Camfil apoia a introdução da nova norma. A empresa entende que a implementação da ISO 16890 trará benefícios significativos para agentes especificadores, compradores e usuários finais de filtros. “A norma beneficiará a qualidade do ar interno dos ambientes, pois implementa um método de ensaio e classificação de filtros finos baseado nas partículas menores que 01 micrômetro (PM1), que são as mais nocivas ao ser humano”, resume diretor de vendas & marketing da Camfil Latin America, Sergio Sato.

ProSafe filter mix
Filtros Finos Camfil

Segundo Sato, as principais premissas da norma são: unificar e substituir as principais normas existentes (ASHRAE 52.2 e EN 779); utilizar ensaios e classificação de filtros voltados as condições atuais de poluição do ar; restringir a comercialização de produtos de baixa qualidade com testes mais rigorosos e proteger a sociedade das partículas mais perigosas ao organismo. O diretor de vendas & marketing ressalta que todos os filtros finos da Camfil já estão sendo reclassificados para atender a ISO 16890, “pois já adequamos nossos equipamentos de testes.” Diferenças entre a ISO 16890 e as normas atuais:

  • Em diversos aspectos, o novo procedimento de testes se mostra mais exigente, o que garantirá filtros com melhor desempenho, mais qualidade do ar interior (IAQ) e consequentemente mais proteção para a saúde humana.
  • Os novos procedimentos de testes estão mais alinhados com os desempenhos dos filtros no mundo real.
  • O sistema de classificação está relacionado com o desempenho do filtro de acordo com três tamanhos de particulado: PM1, PM2,5 e PM10
  • Muito importante: as menores partículas da faixa de classificação, PM1, representam o grupo de mais risco para a saúde humana (ex.: fuligem e gases tóxicos).
    Camfil_001
    Para mais informações, clique na imagem e tenha acesso ao site da empresa.

    Redação: Portal Boas Práticas com informações do site http://www.camfil.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×