fbpx
quinta-feira, abril 25, 2024
Inovações tecnológicas

Versáteis e ‘flexíveis’, caixas d’água da Vila dos Atletas trazem tecnologia Dow

TANQUE MODULAR _dowEm menos de um ano, mais de 18 mill atletas e membros de comissões técnicas Olímpicas e Paralímpicas vão ocupar a Vila dos Atletasdos Jogos Rio 2016, na Barra da Tijuca, zona Oeste da capital fluminense. Esse impressionante complexo, cuja construção está 85% concluída, terá 31 prédios de 17 andares cada econtará com uma ampla infraestrutura para apoiar ocupantes tão especiais. Abastecimento farto e confiável de água é uma das principais demandas, e a resposta para este desafio passa por uma solução inovadora, feita sob medida.

Na posição exclusiva de Companhia Química Oficial dos Jogos Olímpicos, a Dow trabalhou com a NOVAPOL, maior fabricante de resina poliéster do Brasil, e a Fortlev, maior produtora de soluções em armazenamento de água do Brasil e atualmente líder em seu segmento no mercado nacional, no desenvolvimento de tanques modulares – caixas d’águaque revolucionaram o mercado de armazenamento de grandes volumes. No total, serão 28 reservatórios instalados no complexo, acumulando mais de 8 milhões de litros de água. Dois deles – os maiores tanques – têm capacidade para 1.332 milhão de litros cada.

Os tanques instalados na Vila são compostos de placas de resina poliéster com fibra de vidro, moldadas pelo processo de Moldagem de Composto em Lâmina (ou SMC – Sheet Moulding Compound, em inglês). As resinas poliéster levam propileno glicol de grau industrial (PGI) da Dow em sua composição, o que propicia maior resistência das placas no contato com a água e excelente resistência mecânica para uso prolongado dos tanques. Além disso, há um benefício adicional ligado à sustentabilidade: o PGI é produzido no complexo da Dow em Aratu, na Bahia, que conta com uma planta de cogeração de vapor e de energia a partir de biomassa de eucalipto. Cerca de 75% do consumo energético desse complexo industrial é proveniente de energia limpa, a partir do uso de biomassa, substituindo parte do gás natural utilizado no processo.

Esta aplicação inovadora para armazenagem de água é versátil e flexível, pois pode ter sua capacidade expandida ou reduzida, dependendo do projeto. Sua configuração modular, baseada em painéis, permite um processo de montagem mais rápido – por exemplo, um tanque modular com capacidade para 1 milhão de litros pode ser montado em 30 dias, enquanto tanques tradicionais  podem demandar até 120 dias para montagem. A configuração em painéis ainda permite um processo de transporte mais fácil e ágil, com a configuração dos tanques acontecendo no próprio local da obra.

Graças à sua versatilidade, tanques modulares se tornaram uma tendência mundial para instalações comerciais e industriais, hospitais, escolas, empresas de saneamento básico ou qualquer outra aplicação que necessite de grandes volumes de água e efluentes. Como a Vila dos Atletas  se transformará num condomínio de apartamentos residenciais após os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, os tanques de SMC construídos com tecnologia Dow vão permanecer como um equipamento fundamental para a infraestrutura do complexo.

“Para a Dow, como a Companhia Química Oficial dos Jogos Olímpicos e Parceira Mundial dos Jogos Rio 2016, é muito importante colaborar com empresas que são líderes reconhecidas na indústria brasileira para entregar uma solução tão importante para o bem-estar dos atletas Olímpicos e Paralímpicos durante os Jogos”, afirma Fernando Rodriguez, Diretor Comercial de Poliuretanos da Dow na América Latina. “Temos orgulho em empregar ciência e tecnologia para assegurar que os tanques vão servir ao seu propósito com durabilidade e máxima eficiência por um longo período.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×