fbpx
terça-feira, maio 21, 2024
BPF

Farmácias e postos de saúde devem ter controle rígido de temperatura de medicamentos

Medir a temperatura de medicamentos em farmácias e postos de saúde é tão importante quanto na indústria. É o que afirma Liana Montemor, farmacêutica e gerente do Valida Laboratório de Ensaios Térmicos. A especialista explica que a produção de medicamentos como insulina, vacinas, colírios e medicamentos para tratamentos oncológicos têm a temperatura controlada garantida, mas a farmácia, ponto final de distribuição, muitas vezes, não possui um controle rígido das temperaturas, o que pode implicar em perda da eficácia do medicamento ou gerar reação adversa no consumidor final.

Segundo Liana, é necessário que haja políticas públicas e fiscalização para que todas as farmácias e postos de saúde façam o monitoramento de temperatura. “Esses locais são o elo mais fraco da rede de distribuição, pois eles lidam direto com o consumidor final. Para medicamentos que exigem armazenamento em temperatura abaixo da ambiente, devem ser seguidas as especificações das embalagens e a temperatura deve ser medida e registrada todos os dias”, recomenda. A especialista ainda completa: “A disseminação do conhecimento e a padronização das boas práticas farmacêuticas e logísticas é o caminho adequado para garantir a segurança e eficácia dos medicamentos”.

Ricardo Racaneli, responsável pelo departamento de equipamentos do Grupo Polar, explica que, pensando na qualidade dos medicamentos ofertados à população, a empresa já possui um aparelho que mede a temperatura continuamente dentro da geladeira e verifica se está com a temperatura ideal. Isso porque apenas o indicador da própria geladeira (quando existe), na maioria das vezes, não é exato e não possui histórico das medições o que impossibilita apontar desvios de temperatura quando não há um funcionário no local. Sem contar que ainda permite identificar possíveis quedas de energia, o que pode levar não só a perda do medicamento, mas também à queima do sistema de refrigeração das geladeiras e freezers.

“O Datalogger de temperatura para freezers e geladeiras mostra esse histórico continuamente no display, possui também a indicação de temperatura máxima e mínima, tem interface USB integrada e emite relatório em formato PDF dos últimos dois meses, o que garante saber se a geladeira está adequada para o armazenamento de medicamentos com temperatura controlada e apresenta as condições reais em que o medicamento foi mantido desde o seu recebimento até a sua utilização”, explica.

Sobre o Grupo Polar

O Grupo Polar tem como objetivo oferecer aos clientes soluções completas em todos os elos da cadeia fria, por isso integrou verticalmente todas as atividades desenvolvidas pelas empresas Polar Técnica, Cibragel e Valida. Com experiência e competência técnica há mais de 15 anos, o Grupo foi pioneiro no segmento de fabricação de elementos refrigerantes e hoje atua também com a fabricação de embalagens térmicas e serviços de qualificação de equipamentos, veículos com baú refrigerado, embalagens e ambientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares
×